Oásis Opus Solis

Sobre Nós

Faze o que tu queres será o todo da Lei.

A história da Opus Solis é resultado do trabalho de pessoas dedicadas ao exercício de Thelema, seja como filosofia ou religião, e se apresenta também como fruto significativo dos esforços feitos por mulheres e homens para o estabelecimento da Ordo Templi Orientis no Brasil. Nos últimos anos do primeiro decênio do século XXI era vulgari, o corpo local da O.T.O no Rio de Janeiro (hoje o Oásis Quetzalcoatl) recebia com frequência thelemitas vindos do estado mineiro.

Essa presença foi reconhecida como um aspecto positivo do desenvolvimento da O.T.O no Brasil e considerando a constante procura de interessados pelo caminho thelêmico sob o viés oferecido pela O.T.O, estes homens e mulheres de Minas Gerais foram convidados e encorajados a estabelecer um corpo local neste estado. Em fins do Anno IV xvii (2009 era vulgari), o então Acampamento Opus Solis foi fundado como consta nos arquivos administrativos.

Para tanto, o Corpo Administrativo Internacional da O.T.O, em reconhecimento pela legitimidade das ações desenvolvidas em Minas Gerais, responde ao nosso trabalho: “Faze o que tu queres será o todo da Lei” Quando somos atraídos para um sistema solar, o nosso ego inicia uma áspera, mas também bela jornada: a busca pela união com o nosso Sol Interior. Um dos principais significados para o nome deste corpo local é representar um lugar de paz e conforto para os buscadores honestos e corajosos da Grande Obra, promovendo a integração entre homens e mulheres que com seus conhecimentos e desejos mais nobres buscam na união com nosso Pai, o Sol, para aperfeiçoar suas Verdadeira Vontades. “Amor é a lei, amor sob vontade”.

A escolha do nome Opus Solis, ou seja, Obra Solar, enfatiza uma das características do Eon de Hórus, onde as forças solares são trazidas para dentro da consciência humana, identificando assim com o princípio de Liber Al vel Legis que diz: “Todo homem e toda mulher é uma estrela”. Desta forma, todo homem e toda mulher é seu próprio sol, com naturezas únicas e em suas órbitas particulares, compondo com seus brilhos singulares a bela visão do céu estralado, o Corpo de Nuit. Sendo “Nosso Senhor, O Sol” – como é dito em Liber XV-, a estrela fonte de Luz e Vida na Terra, sua representação é destacada no Atu XIX da Rota, cuja simbologia indica a ideia de divindade e imortalidade, beleza, relacionado-se à Alma Universal e ao regozijo da vida.

Esse Atu também está associado à vigésima letra do alfabeto hebarico, Resh, “A Inteligência Coletiva” que também se conecta a ideia do “Despertar”. Portanto, Opus Solis, pode ser entendida também como a obra para o despertar das consciências pessoais e coletivas para o Novo Eon, de acordo com as sagradas palavras de Liber Al vel Legis. Ainda no Anno IVxvii (nos dias 16 e 17 de janeiro de 2010 da era vulgari) foi celebrada a primeira Missa Gnóstica em Minas Gerais, caracterizando-se como evento que oficializou a abertura do Acampamento Opus Solis. No Anno de 2016 da era vulgari,o corpo local tem sua categoria alterada, passando a atuar enquanto Oásis. Desde então, esforços contínuos para manter a presença da O.T.O em Minas Gerais são realizados, com o desenvolvimento palestras abertas para aqueles que buscam conhecer mais sobre a Ordem e Thelema, e eventos fechados para irmãs e irmãos com o objetivo de aprofundar os estudos, trocar experiências, realizar planejamento de atividades, celebrar rituais e confraternizar em amor e alegria as boas vindas da fórmula mágica: “Faze o que tu queres será o todo da Lei”.

E é com grande satisfação que ao longo de nove anos, a Opus Solis tem realizado um trabalho marcado por dedicação e sacrifícios pessoais para realizar a Obra de manter em Minas Gerais um espaço onde todos aqueles que intentam realizar a Verdadeira Vontade e a Grande Obra, possam ser recebidos em fraternidade e amor sob vontade.

Amor é a lei, amor sob vontade.